Como ter um Ego Saudável

O “Eu” na Psicologia Ocidental Na psicologia, falamos de um ego saudável e de um ego inflado, e acho que todos concordam que ter um ego saudável é muito importante para conseguir lidar com as dificuldades e a realidade do cotidiano. Ter um ego saudável significa ter uma visão positiva de si (e consequentemente dos…

Características Exclusivas e Indispensáveis ao Budismo (Os 4 Selos do Dharma)

Existem características que são exclusivas do budismo, que não existem em outros sistemas e precisam ser incluídas, independentemente da cultura. Essas características são chamadas de “quatro características” ou “quatro selos do dharma”.  A descrição completa é: “quatro marcas para rotular uma perspectiva como sendo baseada em palavras de um iluminado e que levam à iluminação”….

Como Distinguir o Budismo da Cultura Asiática?

O que é essencial à prática do budismo, e o que é apenas uma tradição cultural? Quando removemos as várias armadilhas superficiais e culturais que se estabeleceram ao redor do budismo, a essência do dharma é revelada. A Necessidade do Contexto Cultural   O budismo surgiu no contexto da cultura asiática, mais especificamente. da antiga…

O Papel do Professor Espiritual no Tantra

O lam-rim começa com uma explicação sobre a importância do professor espiritual. Obviamente, precisamos de um professor para nos dar a iniciação. É ele quem nos conecta à linhagem de mestres, que começou com o Buda, e isso nos dá confiança a respeito da autenticidade e eficiência da prática. O professor ou professora também adicionam…

Como Assim, “Eu Não Existo?”

Distinguindo o “Eu” Falso do “Eu” Convencional Como praticante do tantra, distinguimos entre o que chamamos de falso “eu” e o “eu” convencional. Basicamente, nós existimos (o “eu” convencional), mas não existimos como um falso “eu”. O falso “eu” é pura fantasia e não corresponde a nada que seja real. Convencionalmente, o “eu” está sempre…

Citações

“Prazer e dor são sensações físicas, enquanto felicidade e infelicidade são estados mentais”. Aquela vozinha na cabeça é “um componente verbal do pensamento”.

Dicas – Visualizando Figuras Búdicas

A Prática em Si Se formos trabalhar com uma figura búdica para desenvolver concentração, é preciso que ela tenha tamanho de nosso dedão e esteja à distância de um braço à nossa frente. Nossos olhos olham para baixo, e não para o objeto, uma vez que ele não é gerado pelos olhos. Olhamos para baixo…

Fatores Mentais Necessários à Meditação

  Meditação Analítica Em geral, a meditação tem dois estágios: meditação analítica (ou de discernimento) e meditação de estabilização. Na meditação de analítica, trabalhamos seguindo passos progressivos ou seguindo uma linha de raciocínio para gerar o estado mental com o qual estamos tentando nos familiarizar. No caso da compaixão, começamos pensando em nosso próprio sofrimento e geramos a…

O que é o Amor do Ponto de Vista Budista

Quando falamos sobre o amor de um ponto de vista budista, estamos falando da aspiração de que o outro seja feliz e possua as causas da felicidade. Isso significa aceitar o outro totalmente, tanto seus pontos fortes quanto seus pontos fracos. O meu desejo de que ele seja feliz não depende de como ele me trata…

Porque Pensar Sobre a Morte?

O que precisamos entender antes da meditação sobre a morte é que temos uma vida humana incrível e preciosa. A consciência da morte tem como objetivo nos motivar a aproveitar a vida humana preciosa que temos no momento. Se não apreciamos a nossa vida, e o fato de termos a oportunidade de nos trabalhar, não pensaremos muito…

Diminuindo Torpor e Agitação e Inspirando Profundamente

Para Diminuir o Torpor Se estivermos nos sentidos pesados ou com a energia baixa, tentamos elevar a energia do corpo. Para isso, olhamos para cima, mas mantendo a cabeça nivelada, e focamos no ponto entre as nossas sobrancelhas. Para Diminuir a Agitação E para assentar a energia que está descontrolada em nosso corpo e diminuir…

Quando Estamos Prontos Para o Tantra? 

O Tantra é uma Prática Avançada Ao aproximarem-se dos ensinamentos tântricos do budismo tibetano, os ocidentais geralmente caem em um dos seguintes extremos: Medo. As pessoas têm medo do tantra e de não quererem ter nenhum envolvimento com ele. Imediatismo. Elas quererem mergulhar imediatamente no tantra. Esses dois extremos apresentam problemas. O tantra é uma prática extremamente avançada. Não…