Como Assumir a Incumbência de Salvar Todos os Seres

“É uma enorme incumbência liberar todos os seres senciente do universo e levá-los à iluminação. Mas, digamos que nossa tarefa fosse um pouco menor, se pensássemos em termos do “eu” sólido, nos desencorajaríamos. “É impossível eu fazer isso!” Mas, sem esse equívoco de achar que existe um “eu” sólido, separado de tudo mais, é possível simplesmente fazer o que tem de ser feito. Acredito que essa é a chave para assumirmos essa enorme incumbência. Simplesmente fazer que tem de ser feito, fazer a nossa parte.” – Alexander Berzin

Trecho traduzido e editado. Original em inglês aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s