Superando a Preguiça de Meditar

Para nos ajudar a superar a preguiça e a exaustão, Atisha diz que devemos enumerar nossos defeitos. Ou seja, lembrar que preguiça e exaustão são defeitos. São obstáculos, coisas que queremos superar. Assim, nos lembramos de nossa motivação para meditar: Queremos superar coisas como a preguiça, o desencorajamento, a exaustão e a autopiedade, e treinar nossa mente para não ficar tão distraída, apegada, raivosa e assim por diante.  Lembrando-nos que “esse é exatamente o motivo de eu estar sentado aqui. É exatamente por isso que quero meditar — é porque eu tenho preguiça e não tenho vontade de fazer nada de construtivo”; reafirmamos nossa motivação, e isso nos dá força para continuar. Isto faz parte da perseverança: aceitar que o samsara tem algos e baixos; aceitar a dificuldade. Não deixar-se iludir. Simplesmente continuar; esforçar-se.

Trecho do texto How to Live a Life Dedicated to Practice

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s